importações brasileiras de fertilizantes alcançaram 16,64 milhões de toneladas no acumulado até maio

Movimentação de fertilizantes no porto de Paranaguá (PR): Brasil é o maior importador de NPK (nitrogênio, fósforo e potássio).|
Foto: Claudio Neves/AENPR – FOTO:
Copyright © 2022, Gazeta do Povo. Todos os direitos reservados.

Segundo informações divulgadas pela agência marítima Cargonave, o aumento foi de 16,5% ante o volume adquirido em igual período de 2021.

O avanço ocorre em momento de incerteza sobre a oferta global de adubos, diante de sanções ocidentais contra Rússia e Belarus dois dos principais fornecedores pela guerra contra a Ucrânia, e com importadores antecipando compras para garantir ofertas.

Nos cinco primeiros meses do ano passado, o Brasil adquiriu 14,28 milhões de toneladas do insumo, de acordo com o levantamento.

Em maio, os desembarques totais de fertilizantes pelo Brasil, que importa mais de 85% de suas necessidades, ficaram em 3,36 milhões de toneladas, cerca de 15 mil toneladas acima do mesmo período de 2021.

A matéria-prima mais importada até o momento, foi o potássio, com 5,52 milhões de toneladas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quatro × 1 =

Post Relacionados

COMMODITIES

MOEDAS